»»
Home > Notícias > Roteiro – Parque de Natureza de Noudar

Roteiro – Parque de Natureza de Noudar

O Castelo de Noudar é um local de excelência para observar as estrelas. Fomos descobrir se vale a pena levar a bicicleta para as redondezas desta fortificação do século XII.

Texto: Pedro Pires

Fotografia: Rui Botas

Ali colada a Espanha, no Alentejo profundo, a vila de Barrancos pode ser conhecida pela atividade tauromáquica, mas como a nossas lides são outras, apenas lá fomos de passagem. O nosso destino era o Parque de Natureza de Noudar e os caminhos que o rodeiam.

Aviámos um bacalhau à Brás, que apesar de não ser um típico prato alentejano faz as delícias dos nuestros hermanos que até ali de deslocam para provar as nossas iguarias, e pusemo-nos ao caminho, com ideias de percorrer uma parte do trajeto de 40km sugerido em bikotels.com.

Não podia faltar uma visita ao magnífico Castelo de Noudar, um marco incontornável na paisagem desta região, e como o tempo não abundava, decidimos deixar a descoberta do nosso alojamento, o Parque de Natureza, para o fim do dia.

Depois de uma pequena volta que nos fez descer e subir de novo até Barrancos fomos seguindo o percurso por GPS até que à passagem pelo Monte da Coitadinha, nome dado à construção principal do Parque de Natureza de Noudar, apontámos para o castelo.

Quem diz que o Alentejo é plano nunca deve ter visitado esta zona. O sobe e desce em estradão é aqui uma constante, mas como o piso estava compacto a progressão foi rápida, com o bónus de toda a paisagem ser digna de um postal.

Para além das antigas choças dos pastores e trabalhadores rurais, poucas construções se veem, atestando o isolamento desta zona. Um par de pequenas cabanas circulares com telhados de colmo, uma herdade perdida lá ao longe e estradões a riscar as colinas eram as poucas marcas da presença humana neste lugar. O sol que brilhou depois das chuvas de novembro fez brotar um verde que não aparece todos os anos por esta altura e a paisagem estava simplesmente magnífica. O alto do Castelo de Noudar é conhecido pelos astrónomos devido às suas características privilegiadas para se observar o firmamento e até costuma ser aberto à noite em ocasiões especiais. Nessa tarde o céu estava azul e ainda não tinha chegado o tempo das estrelas, mas as vistas terrenas também não eram de deitar fora.

De regresso ao Monte da Coitadinha, ainda houve tempo para reconhecer um dos percursos marcados dentro da herdade. Não se deixem enganar pela distância: são apenas 5km mas com rampas muito inclinadas. Pode ser uma opção para treinar em modo XCO!

Este percurso aproxima-se das margens do rio Ardila e requer pernas fortes, mas pode ser uma opção para se fazer a pé com a família. As vistas são magníficas e pelo caminho cruzamo-nos com pacatas vacas e fugidios porcos pretos.

Não deixem de subir à eira. Esta plataforma circular usada antigamente para preparar e secar os cereais oferece das melhores vistas que se pode ter a partir do Parque da Natureza de Noudar.

Mas se os dias podem ser esplendorosos, é à noite que o Parque de Natureza de Noudar nos dá oportunidade de ver um céu magnífico.

Quando o sol se pôs, apercebemo-nos de quão isolada é esta herdade. Ao longe avistam-se a luzes de Barrancos e um ou outro ponto no horizonte. De resto, em dias de lua nova, é a escuridão total. Tivemos o privilégio de ficar no Monte da Coitadinha numa noite de céu limpo e foi impressionante ver a quantidade, brilho e clareza de constelações.

Brilhante foi também o bacalhau que nos foi servido, acompanhado de umas saborosas batatas a murro e um excelente esparregado, já para não falar do pão alentejano, do queijo e das e azeitonas.

Já tínhamos ficado convencidos com o conforto e as paisagens, mas esta refeição foi a confirmação de que vale a pena desfrutar de uma estadia no Parque de Natureza de Noudar.

Não há muitos lugares tão isolados como este Bikotel e se procuras umas férias em família rodeado de natureza e com estradões e caminhos por um sobe e desce sem fim para treinares, tens aqui uma excelente escolha. O Parque de Natureza tem bicicletas para alugar (gratuitas para quem fique alojado no Monte da Coitadinha) havendo também a possibilidade de se marcarem sessões de observação dos astros ou visitas guiadas.

Não haverá tempos mortos no Parque de Natureza de Noudar, mas caso se deseje apenas tranquilidade, neste espaço estão reunidas todas as condições para se passar uns dias isolado do mundo.

 

Parque de Natureza de Noudar

O Parque de Natureza de Noudar tem como quartel general o Monte da Coitadinha, uma antiga propriedade rural que foi convertida em alojamento.

Podes optar pela Casa do Monte, apenas com quartos privados, ou pela Casa da Malta, que para além de quartos duplos oferece também a possibilidade de se dormir em camaratas, uma opção mais económica.

Ambas as casas possuem sala comum com lareira, sendo a da Casa da Malta um ponto de encontro privilegiado para reuniões entre amigos, com o seu espaço amplo e almofadas dispostas ao redor do fogo.

A piscina tem uma vista privilegiada para o Castelo de Noudar e no restaurante podem provar-se pratos típicos alentejanos ou encomendar refeições rápidas para levar para os passeios.

Na herdade de mil hectares há espaço de sobra para grandes passeios junto ao rio Ardila, onde são frequentes os encontros com porcos pretos e gado bovino.

Podem alugar-se bicicletas e buggies e marcar visitas guiadas ou sessões de observação dos astros, bem como visitas de estudo e reuniões ou conferências.

 

 

Preços: a partir de 20 euros (em camarata)

Site: hwww.parquenoudar.com

E-mail: pnoudar@edia.pt

Localização:

Contacto: +351 285 950 000

Bicicleta: qualquer bicicleta de BTT serve para os caminhos circundantes ao Parque

Época: o verão pode ser muito quente

Onde comer: A Esquina, O Miradouro

Site recomendado: www.roteirodoalqueva.com

 

Top